Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

15
Jan16

E viveram felizes para sempre?

by O cantinho da Raki

Esta é a frase típica do final de muitos filmes românticos. Já se tornou, inclusive, um cliché!

 

 

 

 

 

Na vida real, o que deveria de ser dito na grande maioria dos casos era "E ficaram juntos para sempre, trabalhando diáriamente na construção de um amor sólido!"

 

Nunca fui de acreditar em "contos de fadas", nem sequer de pensar que os casais vivem em permanente "estado de paixão". A vida encarrega-se de colocar os obstáculos necessários para testar esse amor que os une.

 

Tenho verificado que muitas são as pessoas que à primeira adversidade desistem, apagam por completo o que ficou para trás e guardam nas suas memórias somente os maus momentos. Penso que nos dias que correm, existe uma facilidade enorme para deixar de amar de um dia para o outro, e recomeçar novas relações de ânimo leve o mais rapidamente possível. A própria expressão "Amo-te" é utilizada tantas vezes sem sentimento algum associado. Na maioria das vezes, o que queremos dizer é simplesmente "gosto de ti".

 

Quero com isto dizer, que uma relação a dois tem imensos desafios. No entanto, depende do tamanho do desafio e da nossa capacidade de lidar com situações adversas. Isso sim irá determinar se somos realmente felizes na nossa relação ou não e se estamos dispostos a lutar.

 

Se eu acredito no amor? Sim, acredito. Mas o amor verdadeiro apenas se revela após grandes desafios propostos pela vida.

 

 

Eu tenho uma relação de 10 anos. Quando olho para trás e começo a relembrar tudo o que já vivi, fico com uma sensação de felicidade dentro do peito. Ele já não é aquele rapazola cujo jeito rebelde me despertou o interesse. E eu também já não sou a mesma miúda tímida de 16 anos. Somos dois adultos que se conhecem tão profundamente que apenas um olhar diz tudo. Mas acima de tudo, amo-o muito mais agora do que o amava quando o conheci.

 

E vivemos felizes sempre? Claro que não. Mas uma coisa é verdade, sempre tivemos a noção de que não seria fácil. Uma relação constrói-se. E isso leva tempo.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:18

01
Nov15

Vou sair da minha zona de conforto!

by O cantinho da Raki

"Para ter algo que nunca teve, é preciso fazer algo que você nunca fez!"

como-sair-da-zona-de-conforto-0.jpg

A vida foi-nos dada para a vivermos em pleno. Quer isto dizer que estamos aqui para ser felizes. Mas atenção, não confundir felicidade com o fazer tudo o que me apetece e prejudicar os outros. A minha liberdade termina onde começa a liberdade do próximo.

 

A "zona de conforto" é aquele lugar aconchegante onde todos nós nos sentimos seguros,  protegidos. Mas algumas pessoas têm uma maior facilidade para sairem, de vez em quando deste lugar previligiado.

 

A algum tempo atrás, uma pessoa em conversa comigo disse-me algo que me marcou até hoje: "Devias assumir mais riscos e pensar menos sobre tudo! Parece que estás permanentemente na defensiva, analizando tudo e todos à tua volta. Com 25 anos é altura de experimentar coisas novas e cometer erros se for preciso!"

 

Na altura aquilo mexeu comigo...nunca ninguém tinha tido a coragem de ser tão frontal. Mas a partir desse dia, algo mudou dentro de mim.

 

 

Começei por mudar alguns objectivos profissionais que tinha para mim até então. E depois comecei a " tentar" sair da minha zona de conforto. Ao mesmo tempo que sentia o sabor da liberdade, o medo e a ansiedade pelo desconhecido me assolavam. Estava a ir contra todos os meus paradigmas. Estava a experimentar caminhos que eu sempre considerei não serem para mim. Estava pela primeira vez a conhecer grupos de pessoas fantásticas e cheias de conhecimento e entusiasmo que me influenciavam.

 

Mas estava igualmente a pensar nos riscos desta nova decisão. E os riscos, são um conjunto de pensamentos que incutem medo e nos pucham de volta para a nossa zona de conforto.

 

Neste momento, estou a tentar diminuir ao máximo os riscos que a minha mente me apresenta. Porque eu sei que a experiência tem sido muito enriquecedora e eu quero crescer ainda muito mais e levar ao máximo de pessoas este meu novo conhecimento!

 

Vou sair da minha zona de conforto, e tu? ;)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais comentados



Arquivo da Raki

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D