Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Tive a oportunidade de conhecer o seu trabalho durante uma troca de prendas entre Bloggers, e a partir daí tenho seguido o seu trabalho e a sua evolução. A frase que mais me marcou da sua entrevista é: "E o que sinto é demasiado forte para me deixar influenciar por aquilo que os outros dizem. Faço porque quero, porque gosto e porque espero influenciar outras pessoas pela positiva". Apresento-vos o projecto da Susana Moreira.

 

 

 

 

 

  1. O que significa para ti a palavra «Empreendedorismo»?

Para mim, empreendedorismo significa criar um projeto ou ter ideias para mudar algo que já existe. É ter a capacidade de criar algo que influencie os outros e que marca diferença, que marque quem também tem envolvimento nisso.

  1. Qual é o teu projecto?

Não sei se pode ser considerado um projeto, mas para mim tornou-se em algo a seguir, algo que pretendo fazer crescer todos os dias. Tento fazer melhor cada dia que passa. Estou com isto a falar do meu blog e do meu canal de youtube.

  1. Como surgiu?

Surgiu num período em que estava desempregada, tinha mais tempo livre e senti necessidade de me expressar, de desabafar e de transmitir e partilhar o que me acontecia e coisas que sabia.

  1. Quais os maiores desafios que encontraste desde o início?

Os maiores desafios sempre foram divulgar e atingir um maior público possível e ainda fazer com que o meu blog/canal se destaque dos outros e tenha sempre conteúdo atualizado. Continuo a tentar ultrapassar esses desafios todos os dias.

  1. Quais os objectivos a médio/longo prazo para o teu projecto?

O objetivo será sempre crescer mais e mais e atingir cada vez melhores resultados e atingir o maior número de pessoas. O objetivo é fazer MAIS e MELHOR a cada dia que passa.

  1. Qual a opinião dos teus familiares e amigos relativamente ao teu projecto? De que forma a opinião destes te influencia?

A opinião divide-se. Há quem ache que faço bem e que me devo agarrar àquilo que realmente gosto e há quem ache que é uma brincadeira e que dedico demasiado tempo a isto! Mas o que realmente me importa é o que sinto quando trabalho para o blog e para o youtube. E o que sinto é demasiado forte para me deixar influenciar por aquilo que os outros dizem. Faço porque quero, porque gosto e porque espero influenciar outras pessoas pela positiva.

  1. De que forma o teu projecto modificou a tua vida?

Modificou a minha vida porque tenho que dispensar tempo para este pequeno projeto. Tudo o que faço estou sempre a pensar no blog e no que posso fazer para o melhorar. Tudo o que me acontece penso em partilhar porque pode influenciar alguém.

  1. Qual o papel que o teu blog/canal desempenha no desenvolvimento do teu projecto?

O blog/canal é importante porque é através dele que partilho tudo o que quero com os meus seguidores. E com isso entrar na vida das outras pessoas e deixar uma marca. Influenciar de forma positiva a não desistirem dos seus sonhos.

  1. Qual o conselho que dás a todas as mulheres que estiverem a ler este post?

Acreditem! Acima de tudo e independentemente do que lhes aconteça na vida, acreditem e sejam positivas. Pensamento positivo atraí coisas positivas. Se acreditarmos tudo é possível!

 

 

 

Liberta a Princesa que existe em ti!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:01

Mais uma entrevista que encheu o meu coração de luz e esperança. Identifiquei-me imenso com algumas coisas devido à fase que estou a vivenciar de momento. Vamos conhecer o projecto All Terapias Quânticas, pela Ana Leonardi.

 

 

 

  1. O que significa para ti a palavra «Empreendedorismo»?

Na minha experiência, empreendedorismo significa ir além das próprias fronteiras em todos os aspectos da vida. O ato de empreender trouxe à tona muitos desafios e descobertas importantes que foram cruciais no meu processo de amadurecimento.  É um constante sair da “zona de conforto” e pensar fora da “caixinha”, e por incrível que pareça isso pode ser muito prazeroso e gratificante.

 

  1. Qual é o teu projecto?

A ALL Terapias Quânticas On-Line tem a intenção de fazer com que o maior número de pessoas possam encontrar a melhor versão de si. Trabalho com terapias que facilitam a liberação  de bloqueios, traumas, sentimentos e crenças limitantes alojados, principalmente, no inconsciente.  Tais bloqueios  impedem as pessoas de terem uma vida plena, leve e satisfatória.

 

www.anaterapeuta.com.br (1) (1).jpg

 

  1. Como surgiu?

Iniciou na minha adolescência a busca por ferramentas de autoconhecimento e autocontrole, na verdade eu lia tudo que encontrasse pela frente que pudesse me transformar em uma pessoa mais livre e feliz. Porém,  após entrar na Universidade acabei deixando de lado muito do que havia apreendido na minha adolescência.

Hoje percebo que havia me afastado da minha essência, de quem Eu Sou verdadeiramente. Por volta dos meus 29 anos deparei-me com uma crise existencial, estava muitíssimo infeliz com o que havia construído (consequência das escolhas feitas sem a “opinião” do meu coração).

Foi nesse momento de crise  que decidi mudar a minha vida completamente. Novas escolhas,  novas atitudes, novos cursos e até uma nova profissão surgiu. Todas essas mudanças foram importantes para me despir de um “eu” que não estava condizente com quem Eu Sou na integra.

Em suma, o projecto surgiu com a busca pela minha melhor versão e ao encontrar-me, a vida me deu a missão de facilitar o processo em outras pessoas. Amo o que faço!!

 

  1. Quais os maiores desafios que encontraste desde o início?

Acredito que o maior desafio foi “abandonar” quem eu achava que era e me abrir para quem Eu Sou de verdade. Em outras palavras, dar espaço  para seguir o coração ao invés da mente lógica e limitada. Outro grande desafio foi adaptar-me as mudanças, aceitando sem resistência os ensinamentos, vivendo o momento presente e deixando que as coisas fluíssem sem a necessidade de controlá-las.

 

  1. Quais os objectivos a médio/longo prazo para o teu projecto?

Meu objectivo a médio prazo é fazer com que centenas de pessoas reencontrem a sua melhor versão e, a longo prazo,  que isso seja exponencialmente replicado ao ponto de transformar o mundo em lugar melhor. Sou idealista ;)

 

  1. Qual a opinião dos teus familiares e amigos relativamente ao teu projecto? De que forma a opinião destes te influencia?

 

Eu não pedi a opinião deles. No entanto, imagino que,  como tudo na vida, algumas pessoas adoram e outras não. Vejo isso com naturalidade e aceitação.

Hoje meu principal “opinador” é o meu coração conectado ao Criador.

 

  1. De que forma o teu projecto modificou a tua vida?

 

Mudou totalmente. Tornar-me empreendedora fez com que eu enxergasse que o maior empreendimento é a própria vida e também fez com que eu assumisse a importância do meu valor e do valor de tudo e todos que me cercam.

 

 

  1. Qual o papel que a Internet desempenha no desenvolvimento do teu projecto?

A Internet tem um papel crucial. Hoje atendo praticamente  100% on-line (via Skype, hangout etc). A  Internet proporciona um ambiente sem barreiras físicas. Por meio da Internet posso levar o meu trabalho à todas as partes do mundo. Acho isso incrível!  

 

  1. Qual o conselho que dás a todas as mulheres que estiverem a ler este post?

Queridas mulheres, nada ocorre por acaso. Tudo o que temos e vivemos são consequências das nossas escolhas. Se tem algo que está te impedindo de viver plenamente, saiba que  o melhor momento para mudar,  transformar e melhor  a sua vida é AGORA.

Então, faça as pazes com o seu passado, cuide do seu corpo, da sua mente e principalmente das suas emoções e pensamentos. Não adie a sua felicidade e plenitude. Caso não consiga lidar com tudo isso sozinha, procure ajuda!

Será uma satisfação facilitar o processo de descoberta da Sua Melhor Versão.

Com amor e carinho,

Ana Lúcia Leonardi           *ALL Terapias Quânticas*          www.anaterapeuta.com.br

 

Obs.: Gratidão imensa à Raquel Gonçalves por essa iniciativa tão generosa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:54

A blogosfera tem vindo a desenvolver-se cada vez mais, com a entrada de novos membros com projectos super interessantes. Em alguns casos, estes projctos que antes não passavam de hobbies, tornaram-se grandes negócios. Este também é o sonho da Angela Purice, do Blog http://ocantinhodaangi.blogspot.pt/. Vamos conhecer um pouco melhor o seu trabalho e de que forma o seu testemunho poderá influenciar outras Mulheres a criarem o seu blogs/canal Youtube.

DSC_1516.jpg

 

 

 

  1. O que significa para ti a palava «Empreendedorismo»? Para mim o Empreendedorismo é uma oportunidade para as pessoas mostrarem o que valem. Cada um consegue ter um bom projeto empreendedor que ajudará alguém. Claro que pode ser dirigido para escalas diferentes. E um exemplo bastante comum na minha área é: um blog/canal pode ser dirigido só para uma faixa etária ou mesmo só para um sexo enquanto que outro blog/canal abrange toda a comunidade. Isso vai definir o sucesso que podes alcançar.
  2. Qual é o teu projecto? Não sei se se pode chamar de projeto, mas o meu objetivo é ajudar o máximo de pessoas, transmitindo tudo o que sei acerca do mundo feminino. Ajudar todos que pouco sabem do mesmo mas que querem aprender.

  3. Como surgiu? Sempre amei gravar vídeos e ver o que os outros tinham para me contar. E sempre quis dar a conhecer o meu mundo, aquilo que eu sei e por aquilo que sou mais apaixonada. E assim foi num belo dia consegui encontrar a coragem que não conseguia ter até ao momento, e peguei na câmera e gravei o meu primeiro vídeo. O mesmo ainda se encontra no canal, a iluminação era excessiva, quase não se via a maquilhagem que tinha feito mas eu estava muito feliz com o passo que dei e com a determinação que tinha na altura. E assim passou um ano, e ainda estou aqui a partilhar e a criar laços com quem me ouve  e lê.

  4. Quais os maiores desafios que encontraste desde o início? O maior desafio foi a maneira como divulgar e dar a conhecer o meu canal. Apercebi-me que essa tarefa era muito difícil e que era um ponto fulcral neste mundo. A pouco e pouco fui criando as minhas técnicas pessoais para melhorar este aspeto.

  5. Quais os objectivos a médio/longo prazo para o teu projecto? O meu principal objetivo é ajudar o maior número possível de pessoas e como tal crescer cada vez mais neste pequeno mundo. Dar a conhecer o meu trabalho e as minhas dicas.

  6. Qual a opinião dos teus familiares e amigos relativamente ao teu projecto? De que forma a opinião destes te influencia? A nível dos meus pais eles apoiam-me e acham bastante engraçado esta vida. Enquanto que os meus amigos temos de tudo, desde os que me apoiam e os que não acham piada nenhuma e não acham que há qualquer futuro nisto. Mas como um como o outro motivam-me mais para alcançar cada vez mais os meus objetivos.

  7. De que forma o teu projecto modificou a tua vida? Gravar vídeos e ter um blog modificou a minha vida em todos os aspetos, como a nível profissional como pessoal. O tempo livre já não é o mesmo mas é algo que gosto de fazer por isso não me importo sinceramente. Consegui melhorar muitos aspetos que achava que estava a fazer bem e apercebi-me que estava errada. Realizei vários sonhos e superei vários desafios. As amizades neste mundo não faltaram.

  8. Qual o papel que a Internet desempenha no desenvolvimento do teu projecto? A internet é o mundo do meu projeto, através dela consigo dar a conhecer o meu trabalho. Sem ela era impossível conseguir algo pois tudo se move através da mesma. Sem a mesma não existia blog, youtube, seguidores, simplesmente nada, por isso posso afirmar a internet é a base do meu trabalho.

  9. Qual o conselho que dás a todas as mulheres que estiverem a ler este post? Nunca desistam do vosso sonho, sempre que tiverem oportunidade lutem pelo mesmo e não tenham vergonha de nada do que fizerem. Todos os erros que vocês vão fazer pelo caminho, são necessários para vos tornarem mais fortes e para crescerem com os mesmos. Sem esforço não se cria nada, não é verdade? Todo o esforço é recompensado, mas não fiquem tristes se esse esforço não for recompensado logo na primeira tentativa como vocês querem. Com o tempo vocês vão melhorar e vão alcançar o vosso sonho e irão partir para outros sonhos.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

E continuamos com mais entrevistas a Mulheres cuja determinação e força de vontade, premitiu que concretizassem os seus sonhos. Vamos conhecer a CRS Bogotá.

CRS Bogota (2).png

 

  1. O que significa para ti a palava «Empreendedorismo»?

 

Empreendedorismo significa alguém criar o seu projecto e tentar levá-lo o mais longe possível.

 

  1. Qual é o teu projecto?

 

A CRS Bogotá é uma marca luso-colombiana de acessórios handmade com um espírito divertido e feminino. Actualmente comercializamos os modelos Tote bag, shopper bag que têm bastante espaço para os essenciais do dia-a-dia. São versáteis, tanto servem para levar o material das aulas, como para uma ida a um festival de música ou à praia.

Temos ainda as clutch bags que também são bastante práticas para guardar as pequenas coisas ou serem usadas como carteiras de mão.

 

Todos os nossos modelos de carteiras são feitos e forrados em tecido, possuem fecho de correr e um bolso no interior.

 

  1. Como surgiu?

 

Com a mudança para Bogotá surgiu a hipótese de voltar a um gosto bastante antigo, a costura. Comecei por fazer alguns cursos na área da moda o que me possibilitou aprender algumas coisas e relembrar outras. Para conseguir transportar os vários materiais para os cursos, fiz uma carteira ao meu gosto e os colegas acabaram por elogiar. Assim quando num dos cursos em que o trabalho final consistia em criar uma marca e um produto para venda, escolhi o modelo da carteira que já levava para os cursos tendo sido este o empurrão para avançar com a empresa.     

 

  1. Quais os maiores desafios que encontraste desde o início?

 

Sendo eu a fazer todas as carteiras, o maior desafio foi conseguir conciliar a produção e tudo o restante necessário para manter a marca no mercado.

 

  1. Quais os objectivos a médio/longo prazo para o teu projecto?

 

Em breve será alargada a colecção “Tribu africana” com tecidos da Guiné para juntar aos outros vindos de outros países africanos com Angola, Cabo Verde e Senegal. A médio/longo prazo o objectivo é poder juntar outros países a esta lista.

Outro objectivo também passa por crescer em termos de oferta, fazendo outros modelos para acrescentar aos já existentes.

 

  1. Qual a opinião dos teus familiares e amigos relativamente ao teu projecto? De que forma a opinião destes te influencia?

 

A família apoia o projecto e vão dando ideias juntamente com os amigos de como poderia melhorar as carteiras. Gosto de ouvir as suas opiniões e no final verificar se se adequam ao conceito da marca.

 

  1. De que forma o teu projecto modificou a tua vida?

 

Como o projecto apareceu depois de uma mudança tão radical como ir viver para a Colômbia, não senti que a criação da marca mudasse a minha vida. Ainda assim, sinto que estou a dedicar-me ao que realmente gosto e que me divirto mesmo que este agora seja o meu trabalho.

 

  1. Qual o papel que o teu blog/canal desempenha no desenvolvimento do teu projecto?

 

O blog www.costurasymoda.blogspot.com serve como canal para a dar a conhecer a marca.

 

  1. Qual o conselho que dás a todas as mulheres que estiverem a ler este post?

 

Valorizem o vosso trabalho e procurem formas de outras pessoas também o valorizarem, assim não terão de sacrificar o valor dos vossos produtos só para o venderem.

 

 

11923593_886086161483166_7545527551641495878_n (3).jpg

image-1ec3d04128cd746fab0d15ea84a5f25ff5a0172e6f0d16e84d7db8f0e3d97130-V.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:33

Hoje damos início a um projecto muito especial aqui no Blog - #Empreender no Feminino. E a entrevistada de hoje é a Joana Farias, do blog Written by Joana. Foi ela quem renovou o meu blog, e hoje ela vem falar-vos um pouco acerca do seu projecto - "Queres renovar o teu blog?".

joana.png

 

  1. O que significa para ti a palava «Empreendedorismo»?

Resposta: Empreendedorismo, não é mais nem menos do que simplesmente ter a capacidade de resolver uma situação mais complicada, resolver um problema que surja. Ao mesmo tempo, uma pessoa que seja empreendedora vai ter sempre uma enorme força de vontade de fazer mais e de fazer melhor. Alguém empreendedor tende a ser responsável e alguém extremamente capaz. Pelo menos é assim que vejo as pessoas que têm esta característica como seres humanos.

 

  1. Qual é o teu projeto?

O meu projeto de vida é sobretudo ser feliz! O meu projeto ligado ao meu blog, aquele que muitos conhecem passa pela transformação da imagem de blogs, ou seja, dar um pouco de mim na área do design. “Queres renovar o teu blog?”. A grande diferença que provavelmente encontro no meu trabalho é que tento ir de encontro ao que as pessoas precisam sem que elas sejam forçadas a investir muito em algo que não sabem como poderá resultar ou o que poderá dali surgir. Algumas pessoas pedem-me coisas específicas, enviam-me pormenores que querem mesmo incluir. Outras passam-me as ideias e deixam-me inventar à vontade. Confesso que é sempre melhor inventar livremente. Por norma tende a ficar mais ao meu gosto pessoal, mas nunca foge daquilo que é a essência da pessoa com que trabalho. Quero tentar com o passar do tempo conseguir levar a minha avante e deixar que as características fortes que me guiam, possam passar a ser linhas oficiais dos blogs que crio, como por exemplo, só usar lettring nos cabeçalhos! Tenho mais alguns projetos que quero cumprir, quando tiver tempo…

 

  1. Como surgiu?

O projeto surgiu ao acaso, no final do ano de 2014. As pessoas começaram a aperceber-se que eu ia mudando o meu blog aos poucos e que ainda não estava totalmente satisfeita. Algumas bloggers gostaram e acabar por me contactar. Inicialmente fui mudando um ou outro para teste, para saber como resultaria, se gostavam, se não tinha jeito nenhum para isto e a verdade é que quando dei por mim tinha muitos pedidos a chegarem à caixa de mensagens e acabei por quase ser obrigada a criar este projeto de que tanto gosto!

 

  1. Quais os maiores desafios que encontraste desde o início?

Os desafios que me passaram pelas mãos foram muitos. O primeiro desafio foi tentar encontrar sempre nas pessoas o que elas queriam. O segundo desafio foi arranjar tempo para que nada falhasse, porque apesar deste projeto me ocupar muito tempo, não me esqueço do meu blog, do meu trabalho do dia-a-dia – da minha vida. O terceiro desafio é tentar ir moldando as tais linhas que quero seguir. O quarto e último é lidar com aquelas pessoas que nos querem mal e que não compreendem que quando não consigo fazer é mesmo porque não consigo ou aquelas que gostam de destilar maldade e desejar mal aos outros (sabem, aquelas que querem que a nossas coisas corram mal só porque sim!).

 

 

  1. Quais os objetivos a médio/longo prazo para o teu projeto?

Os objetivos que tenho para este projeto é sobretudo conseguir mantê-lo e ao mesmo tempo conciliá-lo com a minha vida e o meu trabalho, porque gosto de fazer ambas as coisas e não faria sentido desistir de uma delas. A longo prazo, deixar de ter pessoas que me desejem mal e conseguir moldar as tais linhas que quero que passem a ficar patentes no projeto.

 

  1. Qual a opinião dos teus familiares e amigos relativamente ao teu projecto? De que forma a opinião destes te influencia?

As pessoas que sabem que tenho este projeto encorajam-me sempre a continuar. Nunca ouvi ninguém dizer-me para desistir. O único conselho que recebo é tentar respirar fundo e saber desligar, porque tem de existir tempo para tudo e por vezes esqueço-me disso e enfio-me no trabalho durante demasiado tempo. Acabam por não me influenciar, mas sim aconselhar e isso é bem-vindo. Querem o meu bem apenas!

 

  1. De que forma o teu projecto modificou a tua vida?

Este projeto alterou a minha vida de diversas formas. Impulsionou o meu blog em certa parte, apesar de saber perfeitamente que quem me visita gosta de ler o que escrevo, gosta da minha escrita. O projeto está no blog e fê-lo crescer, fez com que em alturas de aperto tivesse um porto seguro e ajudou-me a não desistir de mim acima de tudo. Hoje em dia sou a “Joana”. Muitas pessoas sabem quem é a Joana pelo projeto. Pessoas que eu nem sabia. Isso é bom! Sabem que podem contar comigo, que desde que tenha tempo ajudo.

 

  1. Qual o papel que o teu blog/canal desempenha no desenvolvimento do teu projecto?

Se não fosse o meu blog não existia projeto. É tão simples quanto isto. As pessoas viram o meu trabalho no meu blog e começaram a contactar-me como já disse. Ainda podem vê-lo, ele irá estar sempre associado ao blog.  É uma forma de verem mais facilmente o projeto. Até porque não gosto de ter muitas redes sociais. Só as essenciais. É o projeto do blog e faz parte dele.

 

  1. Qual o conselho que dás a todas as mulheres que estiverem a ler este post?

O primeiro conselho é terem consciência de que não somos empreendedoras só porque nos apetece. As mulheres que são empreendedoras são porque são. São porque é da natureza da pessoa. Nem todos nós nascemos com isso e quanto a isso nada haverá a fazer. O que pode mudar é a nossa força de vontade. Se estiverem envolvidas num projeto recente/novo não desistam e não o deixem desaparecer. É das piores coisas que podem fazer para vocês e para os outros, caso estejam mais pessoas envolvidas. Não baixar os braços é o conselho.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


raki
Raquel Gonçalves

O Cantinho da Raki é um blog para todas as mulheres. Neste espaço encontrarão um pouco do meu mundo - do mundo de uma mulher como vocês. Sugestões de moda, beleza, decoração, apostando em produtos de uma ótima relação preço/qualidade.

Redes Sociais


Raki's on facebook


@Cantinho_da_Raki no Instagram


Parcerias

Image and video hosting by TinyPic



Arquivo da Raki

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D