Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A blogosfera tem vindo a desenvolver-se cada vez mais, com a entrada de novos membros com projectos super interessantes. Em alguns casos, estes projctos que antes não passavam de hobbies, tornaram-se grandes negócios. Este também é o sonho da Angela Purice, do Blog http://ocantinhodaangi.blogspot.pt/. Vamos conhecer um pouco melhor o seu trabalho e de que forma o seu testemunho poderá influenciar outras Mulheres a criarem o seu blogs/canal Youtube.

DSC_1516.jpg

 

 

 

  1. O que significa para ti a palava «Empreendedorismo»? Para mim o Empreendedorismo é uma oportunidade para as pessoas mostrarem o que valem. Cada um consegue ter um bom projeto empreendedor que ajudará alguém. Claro que pode ser dirigido para escalas diferentes. E um exemplo bastante comum na minha área é: um blog/canal pode ser dirigido só para uma faixa etária ou mesmo só para um sexo enquanto que outro blog/canal abrange toda a comunidade. Isso vai definir o sucesso que podes alcançar.
  2. Qual é o teu projecto? Não sei se se pode chamar de projeto, mas o meu objetivo é ajudar o máximo de pessoas, transmitindo tudo o que sei acerca do mundo feminino. Ajudar todos que pouco sabem do mesmo mas que querem aprender.

  3. Como surgiu? Sempre amei gravar vídeos e ver o que os outros tinham para me contar. E sempre quis dar a conhecer o meu mundo, aquilo que eu sei e por aquilo que sou mais apaixonada. E assim foi num belo dia consegui encontrar a coragem que não conseguia ter até ao momento, e peguei na câmera e gravei o meu primeiro vídeo. O mesmo ainda se encontra no canal, a iluminação era excessiva, quase não se via a maquilhagem que tinha feito mas eu estava muito feliz com o passo que dei e com a determinação que tinha na altura. E assim passou um ano, e ainda estou aqui a partilhar e a criar laços com quem me ouve  e lê.

  4. Quais os maiores desafios que encontraste desde o início? O maior desafio foi a maneira como divulgar e dar a conhecer o meu canal. Apercebi-me que essa tarefa era muito difícil e que era um ponto fulcral neste mundo. A pouco e pouco fui criando as minhas técnicas pessoais para melhorar este aspeto.

  5. Quais os objectivos a médio/longo prazo para o teu projecto? O meu principal objetivo é ajudar o maior número possível de pessoas e como tal crescer cada vez mais neste pequeno mundo. Dar a conhecer o meu trabalho e as minhas dicas.

  6. Qual a opinião dos teus familiares e amigos relativamente ao teu projecto? De que forma a opinião destes te influencia? A nível dos meus pais eles apoiam-me e acham bastante engraçado esta vida. Enquanto que os meus amigos temos de tudo, desde os que me apoiam e os que não acham piada nenhuma e não acham que há qualquer futuro nisto. Mas como um como o outro motivam-me mais para alcançar cada vez mais os meus objetivos.

  7. De que forma o teu projecto modificou a tua vida? Gravar vídeos e ter um blog modificou a minha vida em todos os aspetos, como a nível profissional como pessoal. O tempo livre já não é o mesmo mas é algo que gosto de fazer por isso não me importo sinceramente. Consegui melhorar muitos aspetos que achava que estava a fazer bem e apercebi-me que estava errada. Realizei vários sonhos e superei vários desafios. As amizades neste mundo não faltaram.

  8. Qual o papel que a Internet desempenha no desenvolvimento do teu projecto? A internet é o mundo do meu projeto, através dela consigo dar a conhecer o meu trabalho. Sem ela era impossível conseguir algo pois tudo se move através da mesma. Sem a mesma não existia blog, youtube, seguidores, simplesmente nada, por isso posso afirmar a internet é a base do meu trabalho.

  9. Qual o conselho que dás a todas as mulheres que estiverem a ler este post? Nunca desistam do vosso sonho, sempre que tiverem oportunidade lutem pelo mesmo e não tenham vergonha de nada do que fizerem. Todos os erros que vocês vão fazer pelo caminho, são necessários para vos tornarem mais fortes e para crescerem com os mesmos. Sem esforço não se cria nada, não é verdade? Todo o esforço é recompensado, mas não fiquem tristes se esse esforço não for recompensado logo na primeira tentativa como vocês querem. Com o tempo vocês vão melhorar e vão alcançar o vosso sonho e irão partir para outros sonhos.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

23
Fev16

Já conheces a Hijarbie?

by O cantinho da Raki

Apresentamos a Barbie Muçulmana! A Barbie continua a reeinventar-se e ainda bem! Ela é o símbolo da beleza feminina e por isso, deve ser uma boneca que honre qualquer cultura.

 

A alguns dias atrás reparei numa notícia em que falavam sobre a alteração das medidas convencionais do corpo da Barbie. Isto porque cada mulher tem a sua beleza própria. Os brinquedos devem ser didáticos, até mesmo a Barbie. As meninas devem aprender desde cedo que não existe um padrão de beleza feminino único! A Mattel percebeu isso, e assumiu a responsabilidade que a marca tem neste sentido.

 

 

 

 

Hijarbie - A Barbie que faz sucesso no Instagram

 

Agora surge a Barbie Muçulmana. Haneefa Adam é uma estudante de Medicina nigeriana que começou a partilhar no Instagram fotografias da Barbie a vestir-se com indumentária típica da doutrina islâmica - o hijab.

A jovem explica que é importante que as raparigas muçulmanas se identifiquem com esta boneca.

 

"Eu abri a conta para inspirar meninas muçulmanas, para que elas pudessem ter uma boneca alternativa com a qual pudesse brincar que se parecesse com elas", diz Haneefah.

 

 

 

 

 

Na minha opinião, considero importante que a Barbie (tendo o estatuto que tem) se aproxime dos padrões da realidade. A Barbie sempre revelou um determinado ideal de beleza que não corresponde sempre à realidade. Cada Mulher, idenpendentemente da sua cultura, tem uma beleza própria. Durante muito tempo, as crianças foram levadas a acreditar que apenas seguindo esse mesmo padrão de beleza, seriam Mulheres consideradas bonitas. O que não é, de todo, verdade.

 

Estamos perante uma Empreendedora!

Sim, sem dúvida. A criadora das roupas desta "Barbie Muçulmana" teve uma ideia super interessante que na minha oponião deveria ser recompensada. Quer isto dizer que as meninas pertencentes a esta cultura deveriam ter acesso a estas bonecas. Poderá ser um negócio promissor, não concordam?

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Hoje é dia de apresentar mais uma Mulher Empreendedora! A Rita é uma amiga que decidiu "erguer as mangas" e seguir rumo ao seu sonho - a Liberdade FInanceira. De seguida ela vai falar melhor acerca do projecto que mudou a sua vida e que está a transformar também a vida de tantas outras pessoas.

12674287_1148550698489647_821968967_n.jpg

 

 

 

1. O que significa para ti a palava «Empreendedorismo»?
Empreendorismo é o ato de criar e utilizar inovações de forma a gerar novas oportunidades. 
 
2. Qual é o teu projecto?
Projecto Mother & Leader in You - Teamway 
Este é o projecto que criei dentro da Teamway. Criei-o pois permite- me ser EU a 360*. Dá-me a oportunidade de inspirar outras mães, que vivem presas, e obrigadas a trabalhar para um sistema que não lhes permite ser mães, mulheres, empreendedoras e tudo o que sonham e desenham ser. 
A Teamway é uma equipa de jovens e não jovens inconformados que decidiram unir esforços para um objetivo em comum. O network marketing é o nosso modelo de negócio: Rede de Lojas Online + Redes de Opinion Makers = Sucesso. 
Na Teamway acreditamos num mundo melhor, mais humano, mais sustentável, onde todos possuímos a liberdade de criar a vida dos nossos sonhos desde que acreditemos e nos dediquemos a tal.
Trabalhamos com projectos próprios, que se preocupam com a Saúde, Bem Estar, Ecologia, Sustentabilidade, Planeta. Tal como o Mother & Leader in You, qualquer pessoa que integre na Teamway,  também pode criar o seu projecto, a sua tribo. O nosso objectivo é potenciar os talentos, a criatividade e as ideias, de cada um. Queremos fazer a diferença, pois acreditamos que nascemos para sermos felizes, bem sucedidos e saudáveis.
 
We believe TEAM WORK is the WAY!
 
3. Como surgiu?
Surgiu à 5 anos por convite da Inês que também desenvolve o projecto Teamway. Conhecemos numa altura em que procurava uma oportunidade, estava farta do que fazia, queria algo mais desafiante, procurava o meu propósito de vida.
 
4. Quais os maiores desafios que encontraste desde o início?
Os desafios foram e continuam a ser, mas à medida que vamos superando vão aparecendo outros, é uma aprendizagem constante. Ultrapassar as crenças, os medos, os paradigmas são no meu ponto de vista os desafios que encontramos logo de início. O que temos de bom neste projecto, é a formação: Educação Emocional, elearning e apoio da Equipa Humana, que vai ajudar a contornar os obstáculos que surgem no dia a dia, e crescemos certamente como seres humanos.
 
5. Quais os objectivos a médio/longo prazo para o teu projecto?
O meu objectivo é inspirar e ao mesmo tempo dar a oportunidade a mais pessoas/mães/ mulheres e não só, de viverem com propósito. Gerar mais comunidades de consumidores inteligentes, que consumam e colaborem para uma economia colaborativa, e que sejamos mais saudáveis, felizes e bem sucedidos. 
 
6. Qual a opinião dos teus familiares e amigos relativamente ao teu projecto? De que forma a opinião destes te influencia?
No meu caso, parte da minha família é minha cliente, e até me ajuda a ampliar a minha rede de network, não me censuram por nada que eu faça, dão-me apoio total mas sinto que não entendem a essência do projecto. Independentemente da opinião ou apoio deles eu faria na mesma, óbvio que ficaria triste.
Num contexto geral a família e amigos ficam sempre aquém do que idealizamos. Depositamos neles a esperança de que sejam os primeiros a dar o apoio, a incentivar, o que muitas das vezes não acontece. No que diz respeito aos amigos, costumo dizer que é dor de cotovelo. Infelizmente ainda vivemos numa sociedade materialista, que dá valor a coisas palpáveis (dinheiro), do que às intuitivas (valores morais). Fomos induzidos a acreditar que o crescimento económico é a chave para a resolução de todos os problemas. O objectivo da Teamway e da Mother & Leader In You é mudar a realidade.
 
7. De que forma o teu projecto modificou a tua vida?
O projecto acrescentou valor, cresci como pessoa, aprendi conceitos novos, conheci pessoas diferentes, ultrapassei alguns medos. Nada vem até nós por acaso, este projecto entrou na minha vida para me ajudar a desenvolver competências e trabalhar com propósito. Um ponto a meu favor é que nunca baixei os braços, procurei ajuda e respostas aos meus problemas, nunca me acomodei e desde cedo interessei-me por desenvolvimento pessoal, terapias Holisticas e recentemente o coaching transformacional. Outro acontecimento sublime, foi o ter sido mãe à sete meses de um prematuro, experiência única, e de grande luta interior, porque como diz Mahatma Gandhi "Grandes batalhas só são dadas a grandes guerreiros". 
 
8. Qual o papel que a Internet desempenha no desenvolvimento do teu projecto?
Sabemos hoje em dia que as novas tecnologias estão cada mais presentes na vida quer sejam das empresas quer dos cidadãos. Não fugindo à regra, o nosso projecto insere-se no marketing online, não existe despesas como renda, água, luz, etc. Tenho a possibilidade de desenvolvê-lo, a partir de casa ou de outro local. Tem a vantagem de estar sempre acessível e ao alcance de quem visita, e as encomendas podem ser executadas a qualquer momento. Em termos de marketing e comunicação as redes sociais ajudam a promover e é um veículo fácil e rápido para chegar a mais pessoas. Conseguimos aumentar a nossa rede Network, falamos e interagirmos através das redes sociais sem ser necessário estar presente cara a cara.
O fato de ter um negócio online permite-me conjugar a vida pessoal com a vida profissional, consigo ter tempo para o meu filho, que neste momento é a minha prioridade. Outro aspecto, que a internet veio facilitar foi o tempo, consigo fazer muita coisa sem sair de casa, o que ajuda bastante.
 
 
9. Qual o conselho que dás a todas as mulheres que estiverem a ler este post?
Aconselho a todas as mulheres a seguirem a sua intuição, que tenham atitude correcta para explorar novas oportunidades, para assumir riscos e criar coisas novas. 
Pode considerar que não tem jeito, há pessoas que nasceram com mais aptidão para empreender que outras. Pode até ser verdade, mas na minha opinião somos seres humanos racionais, e todos temos as mesmas capacidades para aprender. Por este motivo, a palavra de ordem é  partilhar a ideia com os amigos, ou com pessoas que ajudem a orientar no processo (ex: Coaching).
Lembre-se:
 ” Os analfabetos do século 21 não serão aqueles que não sabem ler e escrever, mas aqueles que não sabem aprender, desaprender e reaprender” – Alvin Toffler.
Não espere que ninguém lhe ensine a viver, ou lhe dê a porção mágica. Muito menos uma faculdade ou a empresa para onde trabalhe. O mundo está à espera que façamos algo por ele!
Comece agora ainda dá tempo, deseje, tenha vontade, prepare-se e dê o primeiro passo !
 
“Temos de nos tornar na mudança que queremos ver no mundo”. Mahatma Gandhi

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quantas vezes não ouvimos este tipo de declarações? São vindas de pessoas que desconhecem a realidade dos factos e que por isso condenam logo à partida. Não sou nenhuma nutricionista nem especialista da área. Mas venho falar sobre a minha experiência e conhecimentos adquiridos.

 

Para quem faz actividade física, principalmente Treino de Força, é fulcral que implementem na sua alimentação este nutriente.

Tal como o nome indica, os suplementos proteícos são isso mesmo, suplementos, e por isso não substituem a alimentação diária. Eles servem apenas para reforçar a ingestão diária.

 

Porquê é necessário esse reforço?

Serve essencialmente para compensar o aumento do consumo que o nosso corpo faz de proteína durante o treino. Serve igualmente para estimular a produção muscular e regenerar os tecidos.

 

Mas quem toma proteína não são só aquelas pessoas que querem ficar "grandes"?

Existe uma ideia muito associada à prática de "Culturismo". Nós aqui não estamos a falar disso. Claro que atletas que competem nesta modalidade tomam muitas outras substâncias para além da proteína. Tira da tua cabeça que o facto de tomares correctamente suplementos proteícos que poderá levar a ficares com um corpo super musculado! As coisas não funcionam assim.

 

É perigoso tomar proteína?

De acordo com a Internacional Society of Sports Nutrition (ISSN), a ingestão das doses necessárias de proteína não são perigosas, especialmente em pessoas que realizam actividade física.

 

Os batidos de proteína devem ser tomados antes ou depois do treino?

A quantidade de proteína necessária para o dia-a-dia irá variar de acordo com a intensidade do treino de cada atleta, assim como com as suas necessidades nutricionais. Mas dando o meu exemplo, faço cardio-fitness e musculação 2 a 3x por semana, eu tomo 2x por dia, todos os dias. Em dias de treino, o ideal será tomar antes do treino e depois logo a seguir ao mesmo para uma melhor recuperação.

 

Existem as proteínas líquidas, e também em barras. Informa-te sobre estas opções.

 

 

Quais os alimentos onde também podemos ir buscar proteína?

São vários, inclusive até podes fazer tu batidos de proteína "caseiros". Estamos a falar dos ovos, carne, feijão,peixe, frango (contém mais proteína e menos gordura do que a carne vermelha), soja, amendoim e lacticínios (leite desnatado, queijo branco).

 

 

Reforço o que disse no início, alertando para que procures apoio com um Nutricionista Desportivo, de forma a fazeres uma suplementação correcta, sem dúvidas e sem medos!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:50

E continuamos com mais entrevistas a Mulheres cuja determinação e força de vontade, premitiu que concretizassem os seus sonhos. Vamos conhecer a CRS Bogotá.

CRS Bogota (2).png

 

  1. O que significa para ti a palava «Empreendedorismo»?

 

Empreendedorismo significa alguém criar o seu projecto e tentar levá-lo o mais longe possível.

 

  1. Qual é o teu projecto?

 

A CRS Bogotá é uma marca luso-colombiana de acessórios handmade com um espírito divertido e feminino. Actualmente comercializamos os modelos Tote bag, shopper bag que têm bastante espaço para os essenciais do dia-a-dia. São versáteis, tanto servem para levar o material das aulas, como para uma ida a um festival de música ou à praia.

Temos ainda as clutch bags que também são bastante práticas para guardar as pequenas coisas ou serem usadas como carteiras de mão.

 

Todos os nossos modelos de carteiras são feitos e forrados em tecido, possuem fecho de correr e um bolso no interior.

 

  1. Como surgiu?

 

Com a mudança para Bogotá surgiu a hipótese de voltar a um gosto bastante antigo, a costura. Comecei por fazer alguns cursos na área da moda o que me possibilitou aprender algumas coisas e relembrar outras. Para conseguir transportar os vários materiais para os cursos, fiz uma carteira ao meu gosto e os colegas acabaram por elogiar. Assim quando num dos cursos em que o trabalho final consistia em criar uma marca e um produto para venda, escolhi o modelo da carteira que já levava para os cursos tendo sido este o empurrão para avançar com a empresa.     

 

  1. Quais os maiores desafios que encontraste desde o início?

 

Sendo eu a fazer todas as carteiras, o maior desafio foi conseguir conciliar a produção e tudo o restante necessário para manter a marca no mercado.

 

  1. Quais os objectivos a médio/longo prazo para o teu projecto?

 

Em breve será alargada a colecção “Tribu africana” com tecidos da Guiné para juntar aos outros vindos de outros países africanos com Angola, Cabo Verde e Senegal. A médio/longo prazo o objectivo é poder juntar outros países a esta lista.

Outro objectivo também passa por crescer em termos de oferta, fazendo outros modelos para acrescentar aos já existentes.

 

  1. Qual a opinião dos teus familiares e amigos relativamente ao teu projecto? De que forma a opinião destes te influencia?

 

A família apoia o projecto e vão dando ideias juntamente com os amigos de como poderia melhorar as carteiras. Gosto de ouvir as suas opiniões e no final verificar se se adequam ao conceito da marca.

 

  1. De que forma o teu projecto modificou a tua vida?

 

Como o projecto apareceu depois de uma mudança tão radical como ir viver para a Colômbia, não senti que a criação da marca mudasse a minha vida. Ainda assim, sinto que estou a dedicar-me ao que realmente gosto e que me divirto mesmo que este agora seja o meu trabalho.

 

  1. Qual o papel que o teu blog/canal desempenha no desenvolvimento do teu projecto?

 

O blog www.costurasymoda.blogspot.com serve como canal para a dar a conhecer a marca.

 

  1. Qual o conselho que dás a todas as mulheres que estiverem a ler este post?

 

Valorizem o vosso trabalho e procurem formas de outras pessoas também o valorizarem, assim não terão de sacrificar o valor dos vossos produtos só para o venderem.

 

 

11923593_886086161483166_7545527551641495878_n (3).jpg

image-1ec3d04128cd746fab0d15ea84a5f25ff5a0172e6f0d16e84d7db8f0e3d97130-V.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:33

Assiste-se hoje a um boom das cadeias de ginásios em Portugal. Aqui na margem sul, já são dois, um muito perto do outro. Penso que pretendem entrar em "guerra" um com o outro pela conquista do maior número de sócios.

 

 

 

E por aqui começa uma corrida desinfreada das pessoas para se inscreverem num deles. Tem sido a "pura da loucura". Eu tenho observado de longe. Tenho inclusive visto a degradação de um ginásio local que está prestes a fechar portas porque teve o azar de ter logo duas cadeias de ginásios a abrir perto dele. Observando de fora, parece que nesta zona as pessoas nunca viram um ginásio "a sério". O que não é verdade pois felizmente ginásios não faltam por aqui.

Eu continuo a treinar num ginásio local. Pequeno, bem equipado, ambiente divertido. Tenho sempre à minha disposição um instrutor para me orientar nos exercícios, para me criar planos de treino mensais, para me aconselhar sem pedir nada em troca. E não pago mais por isso! A realidade que tenho observado e ouvido de alguns amigos e conhecidos é que as grandes cadeias de ginásios estão super bem equipadas e possuem excelentes instalações. Para além disso, os preços são super competitivos.

 

Queres resultados? PAGA!

 

No entanto, nem tudo é perfeito. Queres um plano de treino adaptado às tuas necessidades?PAGA! Queres um intrutor que te ajude a treinar correctamente? PAGA! E o mais provável é que te tentem convencer a pagar por um PT.

O PT é a pessoa que te vai treinar diáriamente. Estará ali só para ti. As pessoas acabam por ser convencidas de que os seus objectivos só serão alcançados se tiverem constantemente o apoio do PT e um boa dose de Motivação! Para além disso, existe todo um discurso muito estudado (que é sempre o mesmo) que será oferecido aos sócios de todas as vezes que um PT se aproximar do mesmo.

 

À mensalidade acabam por acrescer todos estes custos. Fazendo bem as contas, acabamos por gastar ainda uma boa parcela do nosso ordenado.

 

Os chamados "Premium Low-Cost", não são nada mais do que os "Smart-Cost". Ou seja, uma pessoa que saiba treinar correctamente sozinha e que consiga elaborar os seus próprios planos de treino, serão aquelas que poderão usufruir das baixas mensalidades. Todas as outras (que são a maioria) terão de pagar um preço mais elevado, ou então jamais terão os resultados desejados.

 

Aulas Virtuais!

 

 

E as aulas virtuais? É uma boa forma dos ginásios reduzirem custos, sem dúvida. Mas a impessoalidade ganha aqui uma outra dimensão. As pessoas estão todas diante de um Instrutor/Intrutora virtual que em nada os irá ajudar caso estejam a cometer algum erro durante as coreografias. Para mim isto é inconcebível! Não há nada como a energia que se faz sentir numa sala com pessoas e instrutores que nos motivam constantemente.

 

Com este post eu quero transmitir que cada ginásio tem a sua forma de trabalhar e de aumentar o seu lucro. Tanto as grandes cadeias de ginásios como os ginásios locais têm pontos positivos e negativos. Apenas considero que as pessoas muitas vezes não têm conhecimento do preço que realmente vão acabar por pagar, sob pena de se sentirem desamparadas e sem conseguir atingir qualquer objectivo.

 

Por vezes, existem ginásios mais pequenos, bem equipados, com menos modalidades, mas com tudo aquilo que as pessoas necessitam para se sentirem bem e notarem evolução no seu corpo. Pensem nisso!

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Está a chegar o dia de S. Valetim e nada melhor do que comemorar com um jantar bem romântico e, para finalizar, uma sobremesa afrodisíaca.

 

Musse com calda de romã

 

Estas receitas servem para "apimentar" um pouco mais o momento, para além de serem deliciosas.

Todos nós já ouvimos falar das propriedades da romã. Neste caso, ela provoca a vasodilatação nos Homens, e nas Mulheres mantém o nível de estrogéneo. Para além disso, esta receita possui também chocolate na sua composição, que é um ingrediente bastante afodisíaco.

 

Receita

Ingredientes:

 

-3 Claras;

- 3 colheres (sopa) de açucar;

- 250gr chocolate branco;

- 1 pacote de natas;

-1/2 chávena (chá) de água;

- 1/4 chávena (chá) de groselha;

- Sementes de 3 romãs;

- 1 colher de sobremesa de sumo de limão.

 

Preparação:

 

1. Bata as claras em neve, juntamente com o o açucar, até ficarem bem firmes;

2. Derreta o chocolate em banho-maria, retire do fogão e adicione as natas. Envolva bem.

3. Misture delicadamente as claras com o chocolate derretido e distribua por várias taças. Reserve no frigorifíco.

4. Numa panela, leve a groselha e a água e deixe ferver.

5. Adicione as sementes de romã e o sumo de limão e desligue o fogão. Envolva bem.

6. Deixe esfriar e sirva sobre as mousses.

 

Feliz Dia dos Namorados! =)

 

 

 

-

Autoria e outros dados (tags, etc)

Hoje damos início a um projecto muito especial aqui no Blog - #Empreender no Feminino. E a entrevistada de hoje é a Joana Farias, do blog Written by Joana. Foi ela quem renovou o meu blog, e hoje ela vem falar-vos um pouco acerca do seu projecto - "Queres renovar o teu blog?".

joana.png

 

  1. O que significa para ti a palava «Empreendedorismo»?

Resposta: Empreendedorismo, não é mais nem menos do que simplesmente ter a capacidade de resolver uma situação mais complicada, resolver um problema que surja. Ao mesmo tempo, uma pessoa que seja empreendedora vai ter sempre uma enorme força de vontade de fazer mais e de fazer melhor. Alguém empreendedor tende a ser responsável e alguém extremamente capaz. Pelo menos é assim que vejo as pessoas que têm esta característica como seres humanos.

 

  1. Qual é o teu projeto?

O meu projeto de vida é sobretudo ser feliz! O meu projeto ligado ao meu blog, aquele que muitos conhecem passa pela transformação da imagem de blogs, ou seja, dar um pouco de mim na área do design. “Queres renovar o teu blog?”. A grande diferença que provavelmente encontro no meu trabalho é que tento ir de encontro ao que as pessoas precisam sem que elas sejam forçadas a investir muito em algo que não sabem como poderá resultar ou o que poderá dali surgir. Algumas pessoas pedem-me coisas específicas, enviam-me pormenores que querem mesmo incluir. Outras passam-me as ideias e deixam-me inventar à vontade. Confesso que é sempre melhor inventar livremente. Por norma tende a ficar mais ao meu gosto pessoal, mas nunca foge daquilo que é a essência da pessoa com que trabalho. Quero tentar com o passar do tempo conseguir levar a minha avante e deixar que as características fortes que me guiam, possam passar a ser linhas oficiais dos blogs que crio, como por exemplo, só usar lettring nos cabeçalhos! Tenho mais alguns projetos que quero cumprir, quando tiver tempo…

 

  1. Como surgiu?

O projeto surgiu ao acaso, no final do ano de 2014. As pessoas começaram a aperceber-se que eu ia mudando o meu blog aos poucos e que ainda não estava totalmente satisfeita. Algumas bloggers gostaram e acabar por me contactar. Inicialmente fui mudando um ou outro para teste, para saber como resultaria, se gostavam, se não tinha jeito nenhum para isto e a verdade é que quando dei por mim tinha muitos pedidos a chegarem à caixa de mensagens e acabei por quase ser obrigada a criar este projeto de que tanto gosto!

 

  1. Quais os maiores desafios que encontraste desde o início?

Os desafios que me passaram pelas mãos foram muitos. O primeiro desafio foi tentar encontrar sempre nas pessoas o que elas queriam. O segundo desafio foi arranjar tempo para que nada falhasse, porque apesar deste projeto me ocupar muito tempo, não me esqueço do meu blog, do meu trabalho do dia-a-dia – da minha vida. O terceiro desafio é tentar ir moldando as tais linhas que quero seguir. O quarto e último é lidar com aquelas pessoas que nos querem mal e que não compreendem que quando não consigo fazer é mesmo porque não consigo ou aquelas que gostam de destilar maldade e desejar mal aos outros (sabem, aquelas que querem que a nossas coisas corram mal só porque sim!).

 

 

  1. Quais os objetivos a médio/longo prazo para o teu projeto?

Os objetivos que tenho para este projeto é sobretudo conseguir mantê-lo e ao mesmo tempo conciliá-lo com a minha vida e o meu trabalho, porque gosto de fazer ambas as coisas e não faria sentido desistir de uma delas. A longo prazo, deixar de ter pessoas que me desejem mal e conseguir moldar as tais linhas que quero que passem a ficar patentes no projeto.

 

  1. Qual a opinião dos teus familiares e amigos relativamente ao teu projecto? De que forma a opinião destes te influencia?

As pessoas que sabem que tenho este projeto encorajam-me sempre a continuar. Nunca ouvi ninguém dizer-me para desistir. O único conselho que recebo é tentar respirar fundo e saber desligar, porque tem de existir tempo para tudo e por vezes esqueço-me disso e enfio-me no trabalho durante demasiado tempo. Acabam por não me influenciar, mas sim aconselhar e isso é bem-vindo. Querem o meu bem apenas!

 

  1. De que forma o teu projecto modificou a tua vida?

Este projeto alterou a minha vida de diversas formas. Impulsionou o meu blog em certa parte, apesar de saber perfeitamente que quem me visita gosta de ler o que escrevo, gosta da minha escrita. O projeto está no blog e fê-lo crescer, fez com que em alturas de aperto tivesse um porto seguro e ajudou-me a não desistir de mim acima de tudo. Hoje em dia sou a “Joana”. Muitas pessoas sabem quem é a Joana pelo projeto. Pessoas que eu nem sabia. Isso é bom! Sabem que podem contar comigo, que desde que tenha tempo ajudo.

 

  1. Qual o papel que o teu blog/canal desempenha no desenvolvimento do teu projecto?

Se não fosse o meu blog não existia projeto. É tão simples quanto isto. As pessoas viram o meu trabalho no meu blog e começaram a contactar-me como já disse. Ainda podem vê-lo, ele irá estar sempre associado ao blog.  É uma forma de verem mais facilmente o projeto. Até porque não gosto de ter muitas redes sociais. Só as essenciais. É o projeto do blog e faz parte dele.

 

  1. Qual o conselho que dás a todas as mulheres que estiverem a ler este post?

O primeiro conselho é terem consciência de que não somos empreendedoras só porque nos apetece. As mulheres que são empreendedoras são porque são. São porque é da natureza da pessoa. Nem todos nós nascemos com isso e quanto a isso nada haverá a fazer. O que pode mudar é a nossa força de vontade. Se estiverem envolvidas num projeto recente/novo não desistam e não o deixem desaparecer. É das piores coisas que podem fazer para vocês e para os outros, caso estejam mais pessoas envolvidas. Não baixar os braços é o conselho.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

02
Fev16

Viciada em Bolo de Espinafres!

by O cantinho da Raki

O Post de hoje é sobre culinária! Este bolo é simplesmente delicioso e acaba por ser saudável, uma vez que possui na sua composição - espinafres! Mas muitas pessoas ainda olham de lado para esta receita devido à sua cor. Mas eu acho que fica linda!!

 

 

 

 

Vamos então à receita:

6 ovos;

1/2 chávena de óleo;

1 molho de espinafres;

3 chávenas de farinha de trigo;

2 chávenas de acçucar;

1 colher (bem cheia) de fermento em pó.

 

Pré-aquecer o forno a 180º.

 

Bata muito bem os ovos, o açucar e o óleo na liquidificadora. Aos poucos, vá adicionando os espinafres. De seguida, coloque o açucar e deixe bater mais um pouco. Quando a mistura ficar homogênea, acrescentar a farinha e o fermento em pó por último.

 

Unte muito bem uma forma com manteiga e farinha, coloque o preparado e leve ao forno, durante aproximadamente 40min.

 

Bom apetite!!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


raki
Raquel Gonçalves

O Cantinho da Raki é um blog para todas as mulheres. Neste espaço encontrarão um pouco do meu mundo - do mundo de uma mulher como vocês. Sugestões de moda, beleza, decoração, apostando em produtos de uma ótima relação preço/qualidade.

Redes Sociais


Raki's on facebook


@Cantinho_da_Raki no Instagram


Parcerias

Image and video hosting by TinyPic



Arquivo da Raki

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D